terça-feira, 9 de junho de 2015

Zeca e Amália Rodrigues

Zeca era chamado pela extrema-esquerda, de a «Amália do PCP» (embora nunca tivesse sido militante deste partido) mas Zeca não gostava da Amália... Rodrigues.

«Estavam os três chateados (Vitorino, Zé Deto e Zeca) com o artigo de Cáceres Monteiro sobre o António Barreto. (...) o Zeca, com ironia, já tinha apelidado O Se7e de «Semamário» (...) O José Carlos Vasconcelos veio convidá-lo para cantar na festa d'O Se7e... que ia lá a Amália e cantava também ele. O Zeca na sua: «Cantar com a Amália? Eu quero que tu metas (...) o teu semamário...» Não foi cantar mas, em abono de verdade a Amália, também não.

In Zeca Afonso "Livra-te do Medo" - José A. Salvador

Eugénio Alves

O único encontro entre o Zeca e Amália.

1984 - já Zeca se encontrava afetado pela doença.

«(...) a Amália era considerada uma cantora do regime e o Zeca o homem da oposição. Muita coisa os separava, mas no Clube dos Jornalistas, numa festa de lançamento eu tive a ideia de juntar os dois grandes intérpretes da música portuguesa. Eu fiquei encarregado de convencer o Zeca, o que não foi fácil. Só lhe disse no próprio dia e apenas lhe falei que havia uma festa. Ele ripostou que estava sem gravata mas eu retorqui que ele não era homem de gravata e lá acabei por levá-lo, mas ele ia um pouco zangado comigo. Eu era anfitrião e membro da direcção e lá lhe expliquei que não era obrigado a falar com ela. (...) A Amália chegou depois e quando soube que o Zeca estava lá, ela é que tomou a iniciativa de falar com ele. Eu estava com receio da reacção dele. A cena foi assim: a Amália aproximou-se muito comovida, pelo facto de ele estar doente, e ao mesmo tempo receosa e perguntou-lhe: 'Zeca, acha que eu canto bem?', ao que ele respondeu: 'Então se a senhora não canta bem, quem é que canta bem em Portugal?'

Ela chorou comovida.»

in "Cantores de Abril" de Eduardo M. Raposo

A foto é desse encontro.


Amália canta "Natal dos Simples" de Zeca Afonso.

Sem comentários:

Enviar um comentário